Como entrar na faculdade? Conheça as melhores formas

Como entrar na faculdade

Cursar o Ensino Superior é o sonho de muita gente. Tanto para jovens que estão terminando agora o Ensino Médio, quanto para aquelas pessoas que já ingressaram no mercado de trabalho. Só que, na hora de transformar esse desejo em realidade, bate a dúvida: afinal, como entrar na faculdade?

Esse costuma ser um momento tenso, independente da fase da vida. Escolher o curso e a instituição, passar pelo processo seletivo e fazer a matrícula podem ser passos difíceis. 

Mas não precisa ser assim. Hoje em dia, a graduação se tornou muito mais acessível. Segundo dados do Ministério da Educação, o número de estudantes matriculados em cursos de graduação aumentou 68% entre 2007 e 2017. 

Além disso, existem diversos programas de ingresso e de bolsa, oferecidos tanto pela rede pública quanto privada. 

Então, se você quer fazer parte desses números, continue lendo o nosso artigo! Nele, vamos mostrar como você pode conseguir sua vaga e ainda conquistar uma bolsa de estudo. Confira!

Como entrar na faculdade?

Antes de mais nada, é importante falar sobre as diferentes formas de como entrar na faculdade. Veja a seguir e tire suas dúvidas!

SISU

O Sistema de Seleção Unificada, conhecido pela sigla SISU, é uma plataforma de ingresso nas universidades públicas utilizando a nota do Enem. Todos os anos, o programa abre inscrições duas vezes: no primeiro e no segundo semestre.

Para se inscrever, basta ter feito o Enem no ano anterior e conquistado uma nota média maior que 100. Além de não ter zerado a redação.

Depois de fazer o cadastro no sistema, que abre em dias específicos segundo o calendário do MEC, você vai poder escolher o curso e a instituição em que deseja estudar. A seleção acontece com base na nota de corte da graduação que você escolheu. 

Prouni

Além das universidades públicas, existe também a opção de fazer faculdade em uma instituição privada. E se você não tem como arcar com as mensalidades, não se preocupe. Há vários programas de bolsa, como o Prouni, disponíveis. 

Nesse caso, o candidato deve ter feito o Ensino Médio todo em escola pública ou então com bolsa em escolas particulares. 

Assim como precisa comprovar uma renda familiar de até um salário mínimo por pessoa para concorrer a bolsas integrais. Ou então de, no máximo, três salários, para quem for tentar uma bolsa parcial.

Para participar da seleção, basta se inscrever na plataforma, nas datas indicadas pelo MEC. A sua nota do Enem serve como classificação e, se tiver um bom desempenho no exame, suas chances de conseguir uma bolsa são mais altas!

Vestibular

Outra alternativa para entrar na faculdade é por meio do vestibular tradicional. Nessas situações, não é necessário preencher outros pré-requisitos. 

Basta fazer a inscrição no portal da própria instituição e comparecer na data marcada para fazer a prova. A vantagem, nesse caso, é que você não precisa ter feito o Enem.

Inclusive, muitas universidades estão atualizando as provas. Na Estácio, por exemplo, já é possível fazer vestibular EAD para concorrer a uma vaga nos cursos à distância da faculdade. 

Assim como existe o Megavestibular, no qual o candidato pode escolher o melhor horário do dia para fazer a prova e concorre a descontos na mensalidade durante todo o curso. 

Leia também: Bolsas de Estudo para Universidades Particulares

Processos seletivos simplificados

Por fim, muitas instituições oferecem processos seletivos simplificados para quem deseja ingressar no Ensino Superior. 

Eles são boas opções para quem não tem tempo de estudar para o vestibular ou então quer agilizar o processo.

Nota do Enem

A nota do Enem, além de servir para o Sisu e para o Prouni, também pode ser uma forma de entrar na graduação sem passar pelo vestibular. Em geral, ela pode ser uma maneira de ingresso em faculdades privadas e a nota mínima varia de acordo com a instituição.

Segunda graduação

Quem já fez uma faculdade antes pode entrar de forma mais rápida em sua segunda graduação. Escolhendo essa modalidade, você ainda pode garantir descontos e outras facilidades.

Transferência

Também para quem já ingressou antes na faculdade, essa é uma forma de entrar em outra faculdade de maneira simples. 

A transferência pode ser interna (quando ocorre entre cursos da mesma instituição) ou externa (entre diferentes universidades) e facilita bastante a vida de quem quer dar um novo rumo para os estudos.

Como conseguir bolsa?

Agora que você viu como entrar na faculdade, pode estar se perguntando como funcionam as bolsas de estudo. Além dos programas do governo, como o Prouni, existem ainda as bolsas oferecidas pelas próprias instituições.

Elas podem ser baseadas em renda ou mérito acadêmico, dependendo das regras da própria faculdade.

E existem ainda as opção de financiamento ou parcelamento estudantil. Com elas, você pode parcelar a sua graduação e pagar de maneira mais tranquila depois que se formar. 

Na Estácio, por exemplo, o aluno tem o dobro do tempo do curso para terminar de arcar com esses valores. Basta pagar 30% da mensalidade nos dois primeiros períodos e dividir o restante!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *