Dicas de empreendedorismo: atendimento ao cliente

atendimento ao cliente

Quando se abre uma empresa, sempre se pensa em atrair clientes para que o negócio prospere, não é mesmo?! O público é o responsável por render lucro a empresa, além de dar sugestões e realizar compras. Em nossas dicas de empreendedorismo de hoje, vamos abordar esse tema: atendimento ao cliente.

E quando se pensa nesse assunto, sempre nos vem a descrição de cliente externo, como o que nós começamos o artigo, Porém, eles são classificados em dois grupos: externos e internos. Sabe a diferença? Continue lendo para descobrir.

Clientes externos

É aquele que utiliza os serviços da sua empresa e não faz parte da organização. Nas lojas, são as pessoas que entram e compram os seus produtos. Os clientes externos são fundamentais para o sucesso do negócio, pois fornecem o fluxo de receita por meio de suas compras.

Um fato interessante sobre os clientes externos, é que aqueles que realmente consomem e gostam da sua marca tem mais chances de retornar e ainda fazer a propaganda boca a boca.

Porém, experiências negativas no atendimento pode afastar esses clientes e espalhar impressões ruins do seu negócio. E isso pode acontecer na internet também, assim como ela amplia as avaliações positivas, dissemina as negativas.

No atendimento ao cliente externo é essencial atender bem, possuir um time preparado para filtrar e analisar as críticas negativas – vindas do meio offline ou online – e agir da melhor forma possível.

Por meio dessa análise, é possível identificar problemas recorrentes e se preparar. Importante não ignorar um cliente que esteja tendo uma experiência ruim com seu produto ou serviço, e oferecer toda a ajuda possível.

Cliente interno

Ele é qualquer membro da empresa que necessita da ajuda de outro para cumprir os seus deveres na organização, como por exemplo, um representante de vendas. Neste momento a liderança e gestão de RH possuem um papel fundamental.

É necessário estruturar um planejamento que incentiva os funcionários a tratar uns aos outros como consumidores, assim a relação entre eles se torna muito melhor.

Mesmo que os clientes internos não comprem os produtos ou serviços oferecidos pela marca, o relacionamento com eles desempenha um papel importante para o sucesso do negócio.

Um profissional que não atende bem seus colegas de trabalho pode ter mais dificuldades de estabelecer um bom relacionamento com os clientes externos também. Pois, uma equipe que não funciona bem internamente, não é capaz de oferecer um bom atendimento ao público externo.

Por isso, para alcançar o sucesso, uma das dicas de empreendedorismo nestes casos é se preocupar os dois atendimentos: interno e externo, harmonizando as relações entre funcionários e clientes.

E como medir a efetividade dos atendimentos?

Mas de nada adianta trabalhar loucamente e não medir os resultados, não é?! Agora vamos as últimas dicas de empreendedorismo sobre atendimento ao cliente interno e externo.  Confira:

  • Estabeleça os índices neutros, positivos e negativos para cada ação na pré-venda, durante a venda e no pós-venda;

  • Acompanhe os índices com regularidade e desenvolva relatórios;

  • Tome as decisões com base nos resultados, nada de achismos e sim números.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *