Entenda o que significam as cores no trânsito

A sinalização viária em ruas e estradas do Brasil usa diversos elementos para informar aos motoristas determinadas regras e condições para certos trechos. Uma dessas ferramentas é o uso de cores no trânsito.

No entanto, nem sempre uma cor significa a mesma coisa que você já sabe. Por exemplo, o amarelo. Na sinalização luminosa, tem um significado. Na sinalização vertical ou horizontal, tem outros. 

Para explicar o que cada cor significa, nós entramos em contato com a Newvias, uma empresa que presta serviços de implementação e manutenção de sinalização viária para a administração pública do Brasil, para que eles contar o significado das cores no trânsito. Quer saber mais? Então siga a leitura!

cores no transito

O que as cores significam na sinalização vertical?

A sinalização vertical é caracterizada pelo uso de placas para informar determinadas condições para os motoristas. É o tipo mais comum e mais conhecido de sinalização viária do Brasil. Afinal, todo mundo já viu a placa de PARE ou de velocidade em algum lugar.

Nesse caso, as cores têm significados muito específicos, sendo que as mais usadas são o vermelho, amarelo, branco, azul e laranja. Veja abaixo o significado de cada uma!

Vermelho na sinalização vertical

O vermelho é a cor mais importante da sinalização vertical, pois é a cor das condições obrigatórias. Ela é usada para informar algo que é impositivo ao motorista, que deve ser realizado ou evitado.

É por isso que placas de parada obrigatória (como o PARE), limites de velocidade, sentido obrigatório e outras 60 são em cor vermelha, pois é o tom que mais chama a atenção dos motoristas. 

Amarelo na sinalização vertical

Na sinalização vertical, o amarelo também é importante, mas não tanto quanto o vermelho. Curiosamente, ele aparece em mais placas: cerca de 70.

No geral, o amarelo em placas significa atenção. A ideia é comunicar e informar ao motorista situações de risco que existam naquela região. É por isso que placas de animais, passageiros, escolas e risco de desmoronamento são todas amarelas: elas não exigem nenhuma ação obrigatória do motorista, mas pedem atenção porque algo pode mudar na pista a qualquer momento.

Azul na sinalização vertical

O azul é uma das cores no trânsito que menos são usadas. Parte disso é que trata-se de um tom frio e que mescla bem com o ambiente, chamando pouca atenção. No entanto, na sinalização vertical ele é uma cor muito importante pois informa serviços e dados úteis para o motorista.

Por exemplo, placas azuis contam com a quilometragem das cidades, preço dos pedágios, postos de abastecimento ou alimentação próximos e coisas do tipo.

Verde na sinalização vertical

Nas rodovias, o verde também tem função informativa, mas não é focado nos serviços e sim nas direções. As placas nesse tom informam as entradas e saídas para determinados destinos, o que permite que os motoristas possam se encontrar mesmo sem mapas ou GPS.

Laranja na sinalização vertical

O laranja é um tom bem chamativo e muito pouco usado no trânsito justamente porque tem a função de chamar muito a atenção nas poucas ocasiões em que é necessitado.

Por ser um tom até que neon, visto inclusive no escuro, o laranja tem a função de sinalizar acidentes ou quando há obras na estrada. Isso garante mais segurança para quem está trabalhando nas ruas e rodovias.

Branco na sinalização vertical

Discreto e mais usado para as letras e números, o branco também aparece nas placas de trânsito na hora de sinalizar destinos ou atrações turísticas. Por isso, caso veja uma placa nessa cor, saiba que pode ser uma boa ideia segui-la.

O que as cores no trânsito significam na sinalização horizontal?

Um erro básico de motoristas é acreditar que as cores no trânsito significam sempre a mesma coisa. Não é verdade. Elas tem conteúdo diferente se estiverem na sinalização vertical, horizontal ou luminosa.

Na horizontal, são 4 os tons mais usados: amarelo, vermelho, azul e branco. Confira os significados:

Amarelo na sinalização horizontal

O amarelo é usado para delimitar vias de fluxo duplo nas ruas e estradas do Brasil. Sempre que houver uma faixa amarela, significa que é possível andar nas duas direções naquela pista.

Branco na sinalização horizontal

O branco, por sua vez, é usado para delimitar vias de fluxo único nas ruas e estradas. Sempre que houver a faixa branca, seja traçada ou contínua, só se pode seguir em uma direção.

Azul na sinalização horizontal

O azul não é usado nas faixas de trânsito, mas sim nas vagas de estacionamento, delimitando espaços para pessoas com deficiência e outros públicos beneficiários de vagas prioritárias.

Vermelho na sinalização horizontal

Já o vermelho serve como sinalização de contraste entre a ciclovia e a via de carros. Por isso, é usada ali como linha para mostrar onde os carros não devem cruzar.

E aí, gostou de conhecer as cores no trânsito? Como deu para ver, são muitos os significados e, por isso, é essencial ter atenção na rua a todo momento.

Existe alguma cor que esquecemos de mencionar? Se sim, conte pra gente nos comentários abaixo!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *