Jejum intermitente: O que é e como fazer

jejum intermitente

O jejum não é um conceito novo, muito pelo contrário. Por muito tempo, as pessoas costumavam restringir temporariamente a ingestão de alimentos por motivos religiosos, principalmente.

Entretanto, nos últimos anos, o jejum intermitente – quando você não come por cerca de 16 a 48 horas (ou mais) – está cada vez mais presente na vida das pessoas por causa de seus inúmeros benefícios.

No entanto, a grande dúvida de muitas pessoas é se jejum intermitente emagrece ou não! Para saber mais sobre isso, acompanhe o artigo. Atenção, toda e qualquer mudança alimentar deve ser feita com acompanhamento médico. Na compra de produtos, consulte sempre o serviço de apoio ao cliente.

O que é jejum intermitente?

Para deixar claro, o jejum intermitente não é um plano de dieta. Deve ser considerado como um padrão de dieta. Em vez do que você deve e não deve comer, como a maioria dos programas de dieta disponíveis no mercado, o jejum intermitente é sobre quando você deve e não deve comer.

A verdade é que o jejum está sendo praticado por milhares de pessoas em diferentes religiões, como o judaísmo, cristianismo e islamismo. Além disso, há provas de que o jejum foi praticado e promovido por alguns grandes filósofos e cientistas ao longo da história.

Há diversos tipos de jejum intermitentes. Veja alguns deles logo a seguir:

5: 2: Pode ser um método mais radical de dieta intermitente, uma vez que você come durante cinco dias e depois para os outros 2. É claro que você não para completamente, apenas ingere no máximo 600 calorias nesses dias.

Coma-pare-coma: Com este, você restringe todos os alimentos por 24 horas, uma ou duas vezes por semana.

16/8: Neste método você come entre um período de 6 a 8 horas e faz jejum pelas 14 ou 16 horas que restam. Você pode fazer isso todos os dias, ou algumas vezes por semana.

Como funciona a dieta intermitente?

A maioria das pessoas começa a praticar o jejum intermitente com o objetivo de perder gordura. Então, quando falamos sobre como o jejum intermitente funciona, a primeira coisa que vou explicar é como isso realmente nos ajuda a perder gordura.

Para entender como o jejum intermitente funciona, você precisa entender a diferença entre o estado alimentado e o estado em jejum.

Nosso corpo está no estado alimentado quando estamos comendo e absorvendo alimentos. Na maioria dos casos, o estado alimentado começa a partir do momento em que comemos (ou um curto período de tempo dependendo da porção) até três a quatro horas depois que paramos de comer, enquanto ainda digerimos e absorvemos a comida.

É muito difícil para o nosso corpo queimar gordura durante o estado alimentado, porque enquanto estamos comendo e absorvendo alimentos, o nível de insulina nos nossos corpos é alto.

Por outro lado, o estado de jejum ocorre algumas horas depois, após a nossa última refeição, quando a comida no nosso sistema digestivo é completamente digerida e absorvida. Durante o estado de jejum, o nível de açúcar no sangue é baixo e o nível de insulina também está baixo. A queima de gordura torna-se muito mais fácil quando há falta de insulina na corrente sanguínea.

Quando estamos em estado de jejum, nosso corpo pode queimar gordura que ficou inacessível durante o estado alimentado.

Com isso dito, geralmente não entramos no estado de jejum com o padrão típico de dieta de três refeições. E isso leva a um processo de queima de gordura mínimo em nosso corpo. Esta é uma das razões pelas quais as pessoas que começam o jejum intermitente ainda perdem peso sem alterar o que comem, porque seu corpo está agora entrando em um estado de queima de gordura que eles normalmente não entram.

Dessa forma, a dieta intermitente emagrece! Basta fazê-la da forma correta.

Cardápio jejum intermitente

Mas, como a dieta intermitente é feita apenas durante um período, então o que comer na hora que não estamos jejuando? Qual o cardápio do jejum intermitente?

Preparamos para você. Veja abaixo:

  1. Água

Mesmo que você não esteja comendo, é importante manter-se hidratado por muitas razões, como a saúde de basicamente todos os principais órgãos do corpo. A quantidade de água que qualquer pessoa deve beber varia, mas o indicado é beber no mínimo 2 litros por dia.

  1. Abacate

Pode parecer contra-intuitivo comer a fruta de maior caloria enquanto tenta perder peso, mas a gordura monoinsaturada no abacate é extremamente saciante. Um estudo descobriu que adicionar metade de um abacate ao almoço pode mantê-lo cheio por horas a mais.

  1. Peixe

É importante ingerir peixe pelo menos 3 vezes por semana. Esse alimento não só é rico em gorduras e proteínas saudáveis, ele também contém grandes quantidades de vitamina D. É ótimo para o cardápio do jejum intermitente.

  1. Vegetais

Alimentos como brócolis e couve-flor estão todos cheios de fibras. Quando você está em um jejum intermitente, é crucial comer alimentos ricos em fibras que o mantenham regular e previnam a constipação. Fibra também tem a capacidade de fazer você se sentir completo, que é algo que você pode querer se você não pode comer novamente por 16 horas.

  1. Batatas

Nem todos os alimentos brancos são ruins. Muito pelo contrário, estudos descobriram que as batatas são um dos alimentos mais saciantes do mundo. Outro estudo descobriu que comer batatas como parte de uma dieta saudável pode ajudar na perda de peso durante o jejum intermitente. Mas, é claro, batata frita não conta!

  1. Feijão e Legumes

Alimentos, especificamente carboidratos, fornecem energia para a atividade. Além disso, alimentos como grão de bico, feijões pretos, ervilhas e lentilhas mostraram diminuir o peso corporal, mesmo sem restrição de calorias. Esses alimentos não podem ficar de fora do cardápio do jejum intermitente.

Agora que você já sabe qual o cardápio do jejum intermitente, que tal começar a colocá-lo em prática? Mas, antes, é importante ver algumas contra indicações da dieta intermitente.

Contra indicações

Geralmente a única contra-indicação para o jejum de qualquer variedade é a sua porcentagem de gordura corporal ser muito baixa. Além disso, também não é indicado para quem tem qualquer tipo de condição que requer o consumo de alimentos ou medicamentos que devem ser ingeridos com alimentos específicos.

No entanto, antes de começar qualquer tipo de jejum intermitente o ideal é procurar um médico e entender qual o melhor método para você. Afinal, como você observou, jejum intermitente emagrece! Agora é só fazer do jeito certo para obter os resultados tão esperados.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *